O que fazer quando o Casamento acaba?

O relacionamento de anos acabou. E agora? O que fazer? Esta é a primeira pergunta que nos fazemos em uma situação como estas, e é natural que seja esta a pergunta, afinal vai mudar muita coisa em nossas vidas. Mas também devemos ter calam e olhar para isso com tranquilidade. Vamos ver alguns aspectos bem comuns desse tipo de situação.

O simples fato de nos desorientarmos ao termino de uma relação já nos mostra que algo estava errado mesmo, e que a relação não iria para frente, afinal, não havia mais a sua vida, e sim uma co-dependência, ou seja, você estava dependente do outro. Caso não exista essa dependência, naturalmente não haverá esta desorientação, ficará apenas a tristeza por algo que deu errado, mas seguirá sua vida normalmente, sem nem mesmo se questionar sobre o que fazer rsrsrs

Por que afinal, o que esta pergunta quer dizer?(o que vou fazer agora?)

Ora! A resposta é obvia! Vai continuar sua vida, normalmente, como milhões de pessoas o fazem todos os dias! Rsrsrs Vai continuar com seu trabalho, vai continuar com suas amizades (caso não tenha mais amigos devido a esta relação, o que até é bem comum, faça novos amigos!)

Gente, uma separação é o fim de um relacionamento, e não do mundo rsrsr Dói? Sim, e muito, mas ficar se lamentando e arrastando correntes por aí não vai adiantar nada! O melhor a fazer é cuidar de você! Se organize, recomece uma nova etapa em sua vida, não tenha medo, afinal você não nasceu grudado em outra pessoa rsrssr

Outra dúvida muito comum, que vejo principalmente nas mulheres é com relação a quanto tempo esperar para iniciarem qualquer outro relacionamento, uns dizem que deve esperar bastante (tanto para estar bem como para não ficar com má fama – é língua para falar mal é o que não falta rsrsr). Outros dizem que uma nova relação pode ajudar a superar uma fase difícil.

Eu particularmente descordo das duas, pois ambas estão dependendo de fatores externos para decidir algo muito pessoal, não se deve iniciar ou não uma nova relação pensando nos outros, e sim no seu próprio tempo, lembre-se, a vida é sua, os sentimentos são seus, portanto você é quem deve decidir isso, sempre buscando o que for melhor para você!

Não negue a dor!

Uma outra reação bem comum também é simplesmente negar (até para si mesmo) o quanto se esta emocionalmente machucado com o fim de uma relação. ISSO É UM GRANDE ERRO! Sair para balada todos os dias, fingir que está alegre, ouvir músicas altas não passam de meios para não estar com sua própria dor.

Porque eu digo que não devemos negar? Muito simples, todas as nossas emoções negativas as quais nós aceitamos e sentimos profundamente acabam se externando, normalmente como choro, e instantes depois estamos mais aliviados, nós realmente nos sentimos melhores. Já se simplesmente negarmos uma dor ela nos acompanhará para o resto de nossas vidas, e ainda pode algum dia se externar,  mas neste caso infelizmente o comum é ser como uma doença.

Então se algo dói em sua alma, tenha a coragem de aprender com as crianças, chore, mas chore com vontade e sem ter vergonha de estar chorando! Chore, grite, e em algum tempo notará que não há mais lágrimas para sair, simplesmente porque a dor está menor e perfeitamente suportável. Neste momento aprenda mais uma vez com as crianças, levante-se, sorria e vá viver sua vida de alma lavada!

Comments

  1. Helpzinha says

    Realmente separação parecer o fim do mundo.As vezes já estamos em uma relação falida, mas, preferimos ficar nela do que encarar uma separação.
    Eu mesma já passei por uma situação assim,chorei 3 meses; quando as lágrimas secaram, vi um horizonte do tamanho do mundo na minha frente, recuperei o tempo perdido, encontrei um novo amor e vi que o antigo não era tão bom assim.
    Hoje compreendo que a vida é um eterno recomeçar.Se vier a passar por uma nova separação saberei administrar com mais sabedoria e com certeza não chorarei mais 3 meses.
    beijos enormes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− 2 = cinco

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>