Novo Projeto de Lei contra o Adultério

Novo Projeto de Lei contra o AdultérioO Deputado Paes Lira apresentou em Brasília um projeto de Lei que penaliza o pivô de uma separação, em caso de traição, a arcar com as despesas de pensão alimentícia, tirando esse ônus da parte que sofreu a traição, e já sofreu um prejuízo moral incalculável.

Logo, se um casal vier a se separar, por se descoberta uma traição, e a parte que cometeu o adultério necessitar de pensão alimentícia para poder sobreviver, segundo o projeto, receberia essa pensão daquele com o qual praticou o adultério “seu amante”, e não mais do seu ex-cônjuge.

A maioria dos homens é contra, inclusive o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, contudo a Associação dos Cornos do Ceará, a qual conta com mais de dez mil sócios, apóia a idéia do Deputado, pois acredita que, não é justo que o traído ainda seja penalizado monetariamente.

Mulheres que já foram traídas também acham que se o projeto for aprovado irá intimidar as pessoas que não se importam em destruir lares, e se envolvem com pessoas casadas, diminuindo assim o número de casos de adultério.

É esperar para ver, mas ate lá, o que você acha dessa nova Lei?

Comments

  1. Helena says

    Cabe aos representantes políticos criarem e votarem leis que realmente vão beneficiar o povo brasileiro. Leis como essas do adultério, só desviam a atençao das pessoas para as questões mais sérias que perpassam o Brasil de Norte ao sul, como pobreza, falta de moradia, saúde, educação de qualidade, emprego. Sem contar a impunidade que assola o país, principalmente na administração público nas três instâncias: Municipal, estadual e federal. Precisamos de leis que assegurem os direitos do povo regidos na constituição brasileira.

  2. val says

    ISTO É UMA VERDADEIRA PALHAÇADA. ONDE JA SE VIU? COM TANTA COISA ÚTIL PRA SER MUDADA, PERDE-SE TEMPO COM UMAS FUTILIDADES DESSAS…

  3. rttexerarttexera says

    Associação dos Cornos do Ceará? Estou achando que esse texto é apenas sensacionalista pra conseguir views. Fala sério! Se bem que, vindo do nosso país e de nossos governantes, eu acredito em qualquer coisa.

  4. Marcos says

    Tomara que não demore muito para ser aprovada, pelo motivo que o Artigo 5º letra X da Cosntituição Federal já da este direito da parte prejudicada pedir uma idenização por Danos morais e Constrangimento. Porque ninguém tem esse direito de se intrometer na vida alheia, e principalmente que uma traição destrói uma familia, e muitas vezes os filhos ficam revoltados e doentes, traumatizados até o fim, e ficam sem saber muitas vezes com quem ficar, se o pai ou a mãe, fora os prejuizos que causam a estas famílias e a parte prejudicada, que muitas vezes fica tomando remédios controlados porque termina entrando em depressão e muitos ficam com problemas mentais irrecuperáveis e as vezes homens chegam á suicidar-se ou até terminam tirando a vida da mulher que o traiu por causa do amante. ESTA LEI TEM DE SER APROVADA URGENTEMENTE PARA PELO MENOS DIMINUIR O ADULTÉRIO E TEM DE SER PUBLICADA PELA TV MUITAS VEZES.

  5. Anderson Anselmo says

    Dizem que existem coisas mais importantes, realmente, mas pra mim a familia é a grande base da sociedade, e essa lei, fará com as pessoas mal intencionadas se afastem um pouco dessa horroroza realidade que é hoje, triação “coisa normal”, com a nova lei, acredito que as pessoas vão pensar melhor antes de casar ou adquirir um sério compromisso, pois ficarão juntos mais cientes de que casamento ou relacioanmento entre dois é sério, menos pessoas casarão por casar, sou a favor do resgate ao respeito, nunca é tarde.

  6. says

    eu concordo com essa lei sim, que se a mulher trair o marido quem que rcar com a pençao é o cara que saiu com ela ,e não o corno, que já sofreu o prejuizo moral por parte da ambos, e tem mais eles teriam que pagar uma indenização para a vitima de traição, e se caso o marido tiver algum bem material, a parte que cabe a mulher, deveria passar para os filhos e ela não ter parte nenhuma nos bens do marido,pois hoje em dia tem muita mulher colocando chifre nos coitados, e levando a melhor

  7. Rosemeire Andrade says

    Eu concordo com esta lei, é o mais justo para os coitados dos cornos (as) é o mínimo que pode acontecer e ainda a pessoa que trair tem que pagar uma indenização por danos morais espero que esta lei saia logo em vigor, quem sabe assim as pessoas pensam bem antes de trair

  8. israel says

    acho que não é necessario a pessoa que é pivó de uma separação, ser punida com uma indenização.É só a parte que traiu,perde os direitos legais.A parte de indenização, so seria aplicada,quando o casal tem filhos menores,ai o causador(a) da separação os indeniza-se ate a maior idade ou a conclusão da faculdade.Caso o acusado não tivesse como indenizar,seria estencivo aos familiares dele,com,apreensão até de bens se for necessario.

  9. ludimilla says

    SÓ QUEM JA FOI TRAIDA COMO FUI E QUE SABE O QUANTO E RUIM UMA TRAIÇÃO, POR ISSO ACHO QUE DEVE EXISTIR LEIS QUE PUNAM SEVERAMENTE OS RESPONSAVEIS.
    ACHO QUE NÃO EXISTE NADA PIOR QUE O ADULTERIO.
    POIS A FAMILIA PARA MIM VEM EM PRIMEIRO LUGAR ELA E A BASE.

  10. says

    Eu adorei esta lei, só não achor serto tem que pagar indenização a pessoa traem por que se ouver uma trição foi porque ambos não estavam mais se amado como deveriam e dervido falta de atençao um com outro ouver atriçao.Pesse bem se ouver uma traiçao não e so culpa de quem tá traindo tambem do passeiro.

  11. says

    Eu não concordo com essa lei, mesmo porque tem casais que vivem de faxada casados por causa dos filhos, como tem caso que um dos conjugues não quer ter releção com o esposo ou esposa ,mas tambem não abre mão de estarem juntos, mas todos sabem que a falta de sexo no casamento leva ao adultério!E AÍ ? COMO FICA A PESSOA QUE NÃO TEM SEXO EM CASA E QUE O PARCEIRO NÃO QUER DAR O DIVÓRCIO?

  12. avylla talyta says

    em minas gerais tem uma mulher muito imunda…. sem falar que enquanto o marido dela estava trabalhando debaixo de sol, chuva, e sereno, aproveita para trair o marido com o padrinho da filha dela sem falar que era o melhor amigo da familia…. mas logo veio a tona o marido desconfiou e flagrou a mulher decendo do carro a uma quadra da casa. imagine como fica a pessoa? imaginou? se coloquem no lugar, e vejam como doi ser traido ou traida. eu sou a favor sim dessa lei, pois o que aconteceu com ele, pode acontecer comigo, com vc ou com qualquer um. mas só não pode é ficar de graça fidelidade é fidelidade, pois é isso que juramos para os nossos parceiros. e se vc ver que não vai cumprir trato de fidelidade antes de trair pensar, duas, tres vezes, termine, converse numa boa para não ter confusão mostre a realidade do caso para que não aja duvidas. as pessoas tem que ter palavras tem que cumprir o que falam não brincar com os sentimentos dos outros. e eu sou a favor sim.

  13. says

    Sou a favor sim,pelo fato q tem muitos homens, q não medem consequência e partem pra essa loucura , não sabem q lá no outro lado tem uma familia q pode ter prejuizo materias e morais,ter filhos pequenos,q vaun sofre com tudo isso, por está situação tem q ter LEIS CRIMINAS para ambos, para dar uma freiada , nesses cara de pau, nessa mulheres q não respeitão uma familia.

  14. Cristiane says

    Adultério não é crime, e essa idéia de sei lá quem destruiu minha família é balela, o próprio casal sem objetivo para continuar junto é que destroi o convívio, os filhos prolongam o martírio, mas não aguenta por muito tempo e ai todos temos direito de procurar alguém para recomeçar, essa Lei é rídicula e não vai vingar, visto que os juizes definem bem o papel dos cônjuges e somente a eles é devido o dever de fidelidade, não se estende a terceiro, e se o cônjuge traido achar que deve ser remunerado de alguma forma pelo amante, deve provar na justiça que o caso lhe trouxe prejuízos e entrar com ação de danos, isso é Lei, mesmo assim muitos juizos recentemente negaram os pedidos de pagamento de danos morais, pelo motivo já citado acima, não cabe a terceiros ser fiel ao cônjuge traido, se fosse assim, o amante já estaria citado na certidão de casamento, desta forma: Em caso de não cumprimento do dever de fidelidade, o amante também deverá arcar com a pensão devida ao cônjuge corniado. rsrsrsrs, esse Projeto de Lei não vinga, rsrsrs.

  15. says

    A pessoa que provar que honrou a familia tem direito sim a indenização,essa ghistoria que não prestou pra segurar o marido é coisa de canalha,teve uma professora que foi traida por 19 anos sem piedade do imundo,nada é mais importante que a honra e a familia,a justica dos homens é a unica verdadeira ,quie se faça justica.,tem marido que larga esposa gravida,sozinha pra ir atras de vagubunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


6 + três =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>