Franquias Marido de Aluguel e Faz Tudo Vale a Pena ?

O Faz TudoAs Franquias de Marido e Aluguel ou Faz Tudo, são uma realidade em nosso país, tamanho é o sucesso desta atividade que a mesma ganhou até espaço na novela Global “Fina Estampa”.

Pereirão (Lília Cabral) é uma mulher batalhadora que sustenta sua família dando um duro danado trabalhando como marido de aluguel nas imediações do bairro onde reside no Rio de Janeiro, nada mal para quem quer gerar o próprio emprego com dignidade e profissionalismo. Mais difícil que conseguir um horário com Pereirão, é encontrá-la sem o seu cartão com telefone e endereço para resolver as emergências domésticas.

As franquias estão cada vez mais sendo aceitas como alternativas atraentes de criação de negócios, empreendedorismo e oportunidades, e, em se tratando das franquias de marido de aluguel ou faz tudo, um amplo mercado se abriu no Brasil para esta atividade e se mostra como um caminho que só segue pra frente.

Inúmeras são as empresas que se especializam em resolver problemas domésticos como resolver pane elétrica, reformas, pinturas, instalação e troca de forros, colocação de fechaduras, limpeza de piscinas, poda de jardim entre tantos outros afazeres que um imóvel comercial ou residencial bem cuidado demanda.

O sucesso destas empresas assim que constatado, seus proprietários dão o passo seguinte que é abrir o modelo de franquia, e aí começa a expansão do negócio para outras regiões juntamente com parceiros.

Vale  a Pena Ter uma Franquia de Marido de Aluguel / Faz Tudo?

Para esta pergunta, temos que analisar duas situações para seu futuro franqueado, são elas:

Você já trabalha como marido de Aluguel de forma autônoma?

Se a resposta for  sim, você  deve fazer um controle minucioso das finanças da sua empresa ou se autônomo, das suas contas como prestador de serviço e leve em conta alguns fatores.

  • Faturamento mensal da empresa
  • Lucro liquido
  • Crescimento anual
  • Carteira de clientes fixos e sazonais
  • Possibilidades de crescimento
  • Gasto com publicidade e anúncios
  • Autonomia em tocar seu negocio

De posse das informações mais importantes sobre a sua atividade no ramo, faça a comparação com as informações de prospecção das franquias do setor no mercado. Analise e compare as informações obtidas em seu negócio, e caso as projeções da franquia que está estudando apresentem números melhores talvez seja bom avaliar com mais cuidado a possibilidade de ser um franqueado e fazer parte de uma rede.

Você não é da área, e quer apenas investir ?

Ter algum conhecimento que se relacione com a atividade onde quer investir é muito bom, mas para empreendedores de verdade isso não representa nenhum impedimento. Se quer realmente investir seu dinheiro na atividade sem dominar a área veja algumas dicas que podem ser relevantes:

  • Crescimento do mercado
  • Custo total para implantar o negócio, incluindo todas as taxas
  • Tempo de retorno do capital investido
  • Capital de giro necessário
  • Suporte do franqueador (dono da ideia) a você franqueado
  • Tempo de validade do contrato (confira se há taxa de renovação)
  • Visibilidade e credibilidade da marca com a qual vai trabalhar
  • Divulgação do negócio.

Avaliadas estas e outras questões antes de decidir por ser um franqueado de Marido de Aluguel, é preciso analisar ainda o “custo de oportunidade”, onde você compara este investimento com um outro em uma área onde domina e assim minimiza as chances de perder o investimento. neste caso tem uma pergunta a se fazer:  Tem outro tipo de negócio onde seria menos arriscado eu colocar o meu dinheiro e minhas energias?

Bom, espero que com essas dicas fique mais fácil a sua decisão de montar uma Franquia de Faz Tudo / Marido de Aluguel, ou montar o seu negócio com marca própria. Com dedicação e muito trabalho uma marca própria um dia pode se tornar uma rede de franquias. Pense nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


7 × seis =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>