Como Ganhar Dinheiro – poupança ou capitalização?

Este assunto sempre é lembrado em minhas palestras e cursos.

Devido aos muitos “benefícios” oferecidos pela capitalização, diversas pessoas tem alguma ambição de ganhar nos sorteios e ficarem  ricas mais depressa.

Eu aprendi desde criança, pratico e sempre passo adiante um fato muito simples, mas que nem sempre é levado em conta por todos: “se você não gasta, já está ganhando”.

Pois é, mas atualmente eu gosto de acrescentar que o importante é gastar com critério, uma vez que penso que dinheiro é uma moeda de troca, que nos proporciona uma melhor qualidade de vida.

Com este princípio, se você gasta com critério, terá uma graninha sobrando no fim do mês.

Daí, o que é possível fazer para esta “graninha” crescer e multiplicar?

Poupança

A caderneta, a boa e velha poupança, é o investimento mais tradicional e mais seguro, por assim dizer.

O governo garante depósitos até um certo valor, não há cobrança de impostos e existe liberdade de mexer quando você quiser ou precisar, sem que existam penalidades, a não ser a perda do rendimento, se você mexer antes do prazo mínimo.

A principal desvantagem é que é uma das aplicações com menor rendimento, além do que, como permite fácil movimentação, pode acostumar você a ficar mexendo sempre que tiver uma emergência, o que fará com que rapidamente você deixe de ter esta reserva.

O hábito de fazer retiradas acaba logo com o investimento.

Para evitar este vício, recomendo que você não tenha cartão magnético desta conta e, se possível, abra numa agência um pouco distante.

Curiosamente, o fato de ser mais “difícil” retirar o dinheiro, porque você precisa ir até a agência, torna você mais disciplinado para realmente usar a conta como poupança, investimento a longo prazo, não uma “muleta” para qualquer emergência.

Capitalização

Este investimento, que alguns não enxergam como tal, trata-se de um depósito, feito de uma única vez ou em parcelas mensais, que rende durante um período pré-determinado, que pode ser de 1 ano ou mais.

A maioria dos planos de capitalização cobra taxas de administração, além do que você pode estar sujeito a impostos e taxas.

Recomendo este investimento para aquelas pessoas que gostam de apostar em loterias e jogos.

Isso mesmo!

Se você costuma destinar um dinheirinho para raspadinhas, mega-sena, lotomania e similares, caso não ganhe, você perde tudo o que investiu, certo?

Com a capitalização, no mínimo você recupera metade do que investiu e ainda com rendimentos.

E o melhor, a maioria dos planos de capitalização, tem sorteios onde você pode ganhar muito bem – não é um prêmio tipo mega-sena, mas o risco também é muito menor.

A principal desvantagem é que o dinheiro precisa ficar investido o tempo mínimo para obter o rendimento previsto.

Na verdade, é necessário que você leia muito bem o contrato e peça todas as regras por escrito.

Dependendo do caso, descontados impostos e taxas, alguns planos podem ter rendimento líquido menor que a poupança.

Qual escolher então?

Adote um critério muito simples:

Se você quer um rendimento certo, que possa movimentar caso precise e que possa gerar uma renda a longo prazo, que você pode deixar no banco ou migrar tudo ou parte para outros investimentos, escolha a poupança.

Rende pouco, mas é certo e de operação simples.

Se você gosta de correr um risco calculado e pode deixar o dinheiro investido durante o prazo mínimo da aplicação, ainda com a possibilidade de ganhar um prêmio, escolha capitalização.

Como a velha sabedoria diz para não investir todos os ovos na mesma cesta, diversificar é algo bom.

Exemplo: supondo que você recebeu R$ 10.000. Você pode investir R$ 9.000 na poupança e outros R$ 1.000 na capitalização.

Mas lembro que antes de decidir qual plano, é necessário ler muito bem as condições de cada um.

Os bancos e financeiras possuem várias modalidades e você precisa estudar sem pressa, se quiser realmente ter algum lucro nestas aplicações.

Ah, e um último lembrete: jamais deixe seu dinheiro ser totalmente gerenciado por terceiros; qualquer gestor de banco fará o que é melhor para ELES, jamais para você.

Estude, conheça, pergunte, mas a palavra final sempre deve ser tua.

Bons investimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


sete × 9 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>