A Importância da Dignidade da Pessoa Humana

Dignidade da Pessoa Humana!

A humilhação é dos piores males que se pode causar a um ser humano, tanto que o princípio da dignidade da pessoa humana que é encarado com seriedade no ordenamento jurídico brasileiro. Embora seja de cunho subjetivo, constantemente pessoas ganham junto a justiça, indenizações, relativas a danos sofridos de ordem moral. Dessa forma, você cidadão que se achar humilhado por outrem tem todo direito de reclamar junto a justiça.

A dignidade é um direito que acompanha cada cidadão, desde o momento que ele vem ao mundo. Indifere de classe social, cor, idade e sexo. Hoje em plena idade contemporânea é comum vermos pessoas tratarem outras com indiferença, com o ar de superioridade, como se fosso uma pessoa muito melhor. As pessoas realmente melhores, não sentem necessidade de ficar humilhando ninguém, pois esse tipo de atitude é típica de pessoas inseguras com baixa auto estima que sentem necessidade de mal tratar alguém, para se sentir melhor.

Felizmente hoje é considerado crime, ofender a dignidade de alguém. Ainda assim, existe muito preconceito velado, ou seja, debaixo dos panos. No Brasil se fala muito de preconceito racial, no entanto particularmente penso que o preconceito social é o que verdadeiramente vigora. Ser rico em nosso país significa todas portas abertas, independente de raça, cor, sexo e idade. Em contrapartida sendo pobre, tudo é difícil, tudo vai mal.

Portanto cabe aos ofendidos, sempre fazer valer esse direito constitucional, reclamando assim sempre que se sentir discriminado. Esse é o caminho para a construção de uma sociedade melhor e menos preconceituosa, no entanto ainda se tem um longo caminho para percorrer até chegar em mundo mais justo, pois nem nas ideias mais utópicas esse sonho parece virar realidade.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× 8 = oito

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>